Associação Alcione

O desenvolvimento espiritual

Convite ao trabalho interior

O que acontece no mundo da espiritualidade é dramático, algo que não ocorre no mundo da ciência, da arte ou de qualquer área do saber. No mundo sempre existiram grandes mestres espirituais a quem respeitamos e admiramos, porque alcançaram um elevado estado de consciência e amor pela humanidade. No entanto, seus ensinamentos encontraram um grave obstáculo para sua propagação: a questão dos seguidores.

Enquanto os alunos de um cientista se dedicam a investigar e comprovar, os de um artista a criar novas obras de arte colocando em prática o aprendido, quem aceita uma doutrina espiritual se contenta em converter-se em um simples seguidor: “eu sigo a Jesus de Nazaré e sou Cristão”, “esta pessoa é nosso mestre e vamos venerá-lo e propagar suas ideias”, etc., etc.

Os seguidores sempre se contentam em difundir os ensinamentos, criam igrejas e organizações, porém, salvo contadas exceções, não colocam em prática os ensinamentos recebidos, ficam satisfeitos em armazená-los em sua mente e contentam-se em propaga-los. Essa é a grande tragédia que existe no mundo da espiritualidade.

Os seguidores são pessoas que se movem no mundo das crenças e isso os incapacita. Devemos deixar de ser “imitatus” e convertermo-nos em “adeptus”, em pessoas com conhecimento espiritual próprio. Em realidade, isso é a única coisa para a qual vale a pena viver.

Se observamos a nossa vida, todos somos seguidores em maior ou menor grau, todos temos crenças espirituais e a todos nos faz falta vivenciar no terreno espiritual.

Há duas classes de sabedoria: a doutrina da mente e a doutrina do coração. A doutrina da mente é para aqueles se contentam com as teorias espiritualistas e com as crenças. A doutrina do coração é para aqueles que colocam em prática os ensinamentos que recebem e os vão experimentando em si mesmos.

A doutrina da mente pertence a imensa maioria dos membros das escolas espiritualistas. A doutrina do coração estão os iniciados e mestres da Fraternidade Universal Branca.

Os simples seguidores são de conceitos variáveis porque o seu saber é tão somente do intelecto, algo superficial e sem valor. Esse saber robustece a mente, e a mente é a guarida do desejo: pensa, analisa, tira conclusões e no final se equivoca. A mente jamais poderá chegar a conhecer a Verdade.

Quem pratica a fundo os ensinamentos dados ao mundo pelos grandes Mestres da Humanidade, então os experimenta e desenvolve capacidades espirituais desconhecidas ao comum das pessoas; sempre escuta e leva em consideração a voz do Mestre Interno. A doutrina do coração é a que abre as portas para a verdadeira sabedoria.

De nada serve crer ou deixar de crer porque o homem somente sabe aquilo que experimenta. Os seguidores são e seguirão sendo pessoas de consciência adormecida, pois nada espiritual pode se desenvolver em seu interior, precisamente devido a esse conformismo com as crenças.

É necessário deixar as crenças e esforçar-se por vivenciar, por experimentar dentro de si mesmo as verdades que transmitiram os grandes Mestres da humanidade, sendo a mais importante de todas a eliminação dos vícios, defeitos e maldades que todo o ser humano leva dentro.

No livro “Hercólubus ou Planeta Vermelho” se encontram os sistemas práticos que permitem a qualquer pessoa progredir no caminho do despertar espiritual ou despertar da consciência. É tão importante o desenvolvimento espiritual nestes tempos, início de grandes sofrimentos para a humanidade, que a Associação Alcione envia esta obra de forma totalmente gratuita a todos os países do mundo.

Recorde! É necessário despertar porque o tempo se acaba para esta humanidade, para esta civilização…

Una-se a revolução espiritual.

Eliminando o ego, triunfas.
Por onde começar a nossa transformação espiritual? Diversos mestres e profetas têm ensinado técnicas e disciplinas que têm servido para que os seres humanos melhoremos espiritualmente. Desde a meditação, a contemplação ou o ascetismo até a disciplina da ioga, as danças sagradas, diferentes rituais, etc. Cada cultura ou civilização desenvolveu formas válidas para experimentar a espiritualidade e transcender a temporalidade do material.

Entretanto, em todo esse imenso labirinto de doutrinas e teorias espirituais, o ser humano está confundido, perdeu o fio essencial que sempre esteve presente por trás das formas aparentes das distintas religiões. Esse fio essencial é o despertar da consciência que somente se consegue mediante a eliminação dos defeitos psicológicos, verdadeira causa de todos os sofrimentos humanos.

V.M. Rabolú, autor do livro Hercólubus ou Planeta Vermelho, dedicou a sua vida para mostrar como se avança no caminho da revolução espiritual.

Ele ensina em sua obra o método para a eliminação do ego, que não é outra coisa que o conjunto de vícios, defeitos e maldades que todos carregamos em nosso interior.

De sua obra, transcrevemos o seguinte parágrafo:

“Todo ser humano leva dentro de si uma Chispa Divina que se chama Alma, Budhata ou Essência, enfim, tem diferentes nomes; mas na realidade é uma chispa divina que nos impulsiona e nos dá força para empreender um trabalho espiritual como o que lhes estou ensinando. Essa Essência ou Alma está presa em todas as nossas maldades, defeitos ou eus psicológicos que, esotericamente, se chama “Ego”, que são os que não a deixam manifestar-se com liberdade porque são os que tomam a voz e o mando da pessoa”.

Qualquer tentativa de liberação por grandioso que seja, se não tem em conta a necessidade de eliminar o ego, está condenada a um fracasso total.

A eliminação de todos os nossos vícios, defeitos e maldades é a única forma de progredir espiritualmente de forma definitiva.

Somente uma tremenda revolução interior pode nos salvar do cataclismo que vem. Por isso, convidamos você a se unir ao conjunto de seres humanos que, de forma silenciosa, dedicam-se a este trabalho em todos os rincões do mundo.

Não se trata de criar escolas espiritualistas, nem seitas, nem tampouco seguir religiões mortas. A revolução espiritual que propomos consiste em corrigir-se pouco a pouco, eliminando os milhares de defeitos psicológicos que habitam em nosso interior, para atuar conscientemente e, assim, conectar-se com os grandes Mestres desta humanidade.